TELEFONES
(11) 2979-6465 / 2978-3340 / 3337-4363
E-MAIL
primastampa@terra.com.br

Catálogos de Produtos como Ferramenta de Venda

slider

Catálogos de compra são um clássico da venda direta e se tornaram um fenômeno nos Estados Unidos. De acordo com estudos da Associação Norte-Americana de Marketing Direto as pessoas compram por catálogos 15 vezes ao ano, gastando 135 dólares em média em cada compra. No Brasil, a venda por catálogos também faz sucesso há mais de 60 anos. Em 1942, a Hermes foi a primeira a usá-los para vender relógios e, atualmente, oferece uma infinidade de produtos através de 350 mil consultores.

Empresas que atuam em outros canais de venda perceberam que com o catálogo pode atingir novos públicos e oferecer maior variedade de produtos. Além da TV e internet, a Shoptime edita trimestralmente um catálogo com os produtos campeões de venda nos outros canais; a tiragem chega a três milhões por edição e o faturamento é alto.

Outras empresas que já se estabilizaram no varejo, como a Payot, também associaram a venda de seus produtos a empresas tradicionais na venda por catálogo. A Duloren trabalha assim desde 2003, com uma linha exclusiva de lingeries para a venda direta.
Essa estratégia também serve para aumentar a visibilidade de empresas que operam no comércio eletrônico. Em datas especiais, o Submarino envia catálogos promocionais para os clientes cadastrados. A tática funciona: os pedidos para o Dia dos Namorados aumentaram 45%, comparado ao mesmo período do ano anterior.

Cosméticos dominam 88% desse mercado e esse percentual tende a crescer a cada dia. Com rendimentos de 30% a 40% sobre o produto vendido, milhares de autônomos já montaram seu negócio próprio.

O catálogo é um cartão de visitas, que abre a oportunidade de venda. Por isso, os catálogos da Hinode foram recentemente adaptados, tornando-se uma revista de beleza, com dicas para os clientes aprenderem a se cuidar mais. Para que o catálogo faça sucesso, ele precisa ser atrativo, com boas imagens e ter uma linguagem leve e acessível. Também precisa ser atual e divertido, para que se destaque de outros catálogos que o vendedor autônomo possa oferecer. Os catálogos devem sempre lembrar de datas comemorativas, para que ele seja priorizado e visto pelo maior número de pessoas.

Um bom catálogo tem imagens fiéis ao que o produto realmente representa e informações claras sobre qualidade e preço. O que varia é o formato, a tiragem e a freqüência.

E não são apenas produtos manufaturados que podem ser ofertados através de catálogos. Alice Freitas, uma das fundadoras do Instituto Realice, uma ONG do Rio de Janeiro, está usando a venda por catálogo para a geração de renda para comunidades carentes. Ela já trabalhou com venda direta e agora implantou o Projeto Asta, uma rede de venda direta que irá comercializar peças de 26 artesãos de comunidades de baixa renda. O catálogo se divide em oito linhas (casa e decoração, moda feminina, etc.) e, desde o dia 2 de julho, conta com 40 revendedoras, chamadas de conselheiras, trabalhando para comercializar os produtos. “Optamos pela venda direta por ser o único canal que possibilita um real relacionamento. A conselheira pode se relacionar com o cliente, falar sobre o produto e sobre quem faz as peças e também é treinada para orientar sobre o consumo consciente,” declara Alice.

Se uma ONG encontrou no catálogo uma ferramenta de sucesso para ações sociais, você também pode implantá-lo para comercializar os produtos de sua empresa ou mesmo para iniciar um empreendimento.

A gráfica Prima Stampa possui profissionais com mais de 20 anos de mercado gráfico podendo oferecer auxílio na elaboração de catálogos de produtos e serviços, além de aconselhar sobre os materiais a serem utilizados na confecção do catálogo para poder entregar uma verdadeira ferramenta de vendas adequada ao público alvo de destino com a melhor relação custo x benefício para o cliente.


INFORMAÇÕES IMPORTANTES

TIPO DE PAPEL / GRAMATURA

Exemplo: Papel Couche 115g, Papel Offset 90g, Papel Cartolina 180g, Papel Adesivo 90g

FORMATO DE IMPRESSÃO

Exemplo: 210 x 297 mm (formato A4); 420 x 297 mm (formato A3)

QUANTIDADE DE CORES

Exemplo: 4 x 4 cores (4 cores na frente e 4 cores no verso); 2 x 1 cores (2 cores na frente e 1 cor no verso)

ACABAMENTO DO MATERIAL

Exemplo: Laminação BOPP Fosca; Plastificação; Verniz UV com Reserva, Dobra, Grampo